Es.Tra.Da II - Espaço Disponível para Dançar

A intervenção Es.Tra.Da II – Espaço Disponível para Dançar faz parte de um bloco de ações chamada Espaço Transitório de Dança (daí o prenome Es.Tra.Da), que visa criar atravessamentos entre dança e ações cotidianas a partir da irrupção daquela em espaços não institucionalizados. Nessa intervenção um quadrado é desenhado no chão com fita crepe e, dentro dele é colocada uma placa na qual se lê Espaço Disponível para Dançar. Os interventores realizam então uma dança improvisada, como proposta para compor o território de encontro recém delimitado. Nele, a dança revoluciona a hierarquia de uso do espaço comum de
passagem, tornando-o espaço disponível tanto para ficar e dançar como para fazer a livre expressão de sua subjetividade, agora entendida como dança. Seus movimentos são influenciados tanto pelos sons de uma caixa de som, quanto por diferentes estímulos sonoros: sons dos passarinhos, dos passos, dos carros, enfim, da melodia urbana.

Participações em festivais: 5 anos quandonde [Curitiba | 2017]; 12º Festival Festival Quatre Chemins [Porto Príncipe-Haiti | 2015]; Festival Nenhum dos Mundos de Performance Urbana [Contagem-MG | 2014]; Mostra de Artes Performáticas do SESC [Curitiba | 2014]; Mostra de Rua do SESC da Esquina [Curitiba | 2014]; Bienal Internacional de Curitiba Mostra CUBIC [Curitiba | 2013]; Projeto Artes de Passagem UTFPR [Curitiba | 2013]; LAB_12 Mostra de processo do Núcleo de Pesquisa em Dança IMP [Curitiba | 2013]; 1ª Mostra quandonde [Curitiba | 2013]. 

Fotografia do Menu Principal: Cassiana Lopes